Projeto Teatro em Movimento
\ \

Projeto Teatro em Movimento

Criado 2001, o projeto TEATRO EM MOVIMENTO consolidou-se no meio artístico, cultural e empresarial como uma das mais importantes iniciativas de fomento às artes cênicas em Minas Gerais. São mais de 500 apresentações realizadas, envolvendo um público de aproximadamente 350 mil pessoas.

O projeto foi criado com intuito de difundir novos e já consagrados artistas e grupos, antes com temporadas pautadas apenas para as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Com esta inciativa, Belo Horizonte e cidades do interior de Minas, foram inseridas no circuito de importantes apresentações das artes cênicas.

Além disso, prevê uma contribuição significativa à formação de plateias e sempre que possível permite o intercâmbio de experiências por meio da realização de oficinas e workshops, com acesso gratuito.

A cada edição forma-se uma rede ativa de circulação do teatro brasileiro, com programação e divulgação sistematizadas, o que fortalece a troca e a multiplicação de conhecimentos, essencial para a produção artística. A programação prioriza a diversificação de espetáculos e gêneros artísticos que são apresentados em diferentes aparelhos culturais, a fim de propiciar também a participação e a circulação de público entre estes espaços.

O Teatro em Movimento visa contribuir com o desenvolvimento do setor artístico e cultural.

O projeto Teatro em Movimento é viabilizado pela Lei Federal de incentivo à cultura desde 2003 e pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura desde 2009. Foi idealizado por Tatyana Rubim, diretora da Rubim Produções, proponente do projeto que o realiza há 13 anos.

Ao longo deste tempo contou com uma equipe de produção capacitada formal e tecnicamente. Além disso, conta com uma cadeia de fornecedores com alto padrão de qualidade na prestação de seus serviços.

Com programação ativa de março a dezembro nos principais teatros das cidades, o Teatro em Movimento já passou por mais de doze cidades brasileiras – dentre elas, Ipatinga, Juiz de Fora, Tiradentes, Ouro Preto, Uberlândia, Araxá, Vitória, São Luís, Aracaju e Brasília, além é claro de Belo Horizonte. Em muitas delas a produção mineira foi a estrela principal, assim como as produções nacionais são produzidas na capital mineira, com eficiência e compromisso.